segunda-feira, 1 de julho de 2013

domingo, 23 de junho de 2013

sábado, 6 de abril de 2013

Preparação para Aliança de Amor e para Santuário-Lar 24-03-13

Com o Papa Francisco: marianos e missionários



    A escolha do Papa Francisco, pelo Espírito Santo, surpreende quase o mundo todo. Agora, cada palavra, cada gesto, enfim, quase cada respiração do Cardeal Bergoglio é acompanhada pela mídia internacional. Sem nada temer, o Vaticano deixa que participemos de todas as suas primeiras atividades como Sumo Pontífice.
    A Família de Schoenstatt, na Argentina, publica muitas fotos e comenta sobre os momentos em que o Papa, quando cardeal, se encontrou com Schoenstatt e deu amplo apoio para nosso carisma. Os últimos a se encontrarem com ele, antes de sua viagem para o Conclave, foram os Padres de Schoenstatt, que receberam uma palavra que vale para todos nós: acentuar a vida de oração e ir ao encontro das pessoas, como missionários.
    Assim, nós o estamos conhecendo: mariano e missionário. Com simplicidade dispensa carros oficiais e vai de ônibus para o jantar com os cardeais, faz questão de pagar a sua hospedagem na casa em que esteve, antes de ser eleito Papa e tantos outros gestos que nos revelam as disposições de seu coração missionário. De modo especial, marca-nos profundamente que a sua primeira ação, ao começar o primeiro dia como Papa, seja ir como peregrino à Basílica Santa Maria Maior, leva flores para a Mãe de Deus e permanece em oração.
    Pe. Alexandre Awi teve oportunidade de trabalhar com o Cardeal Bergoglio durante a redação do Documento da Conferência de Aparecida e escreve:
    Habemus Papam! A Igreja e o mundo se alegram com o novo Papa! Sua primeira aparição já foi um sinal daquilo que podemos esperar do Papa Francisco: bondade, simpatia, humildade e oração. Ele é também profundamente mariano. Em dois momentos mencionou Nossa Senhora: ao pedir oração pelo Papa Emérito Bento XVI e rezar com todos a Ave Maria, e ao dizer que no dia seguinte celebraria uma missa em honra dela.
    Conhece o Movimento de Schoenstatt da sua Arquidiocese, onde o Movimento é bem forte e presente, e tem boa relação com nossos Padres e Irmãs. Dois dias antes de partir para o Conclave esteve com os Padres de Schoenstatt da Argentina, que estavam no seu Encontro Anual, para uma conversa informal com eles.
    Tive a graça de conhecer pessoalmente o Card. Jorge Bergoglio nos trabalhos da Comissão de Redação da Conferência de Aparecida, em 2007. Ele era o Presidente da Comissão, que eu secretariava, e posso garantir que ele é exatamente assim como apareceu na janela da Basílica de São Pedro! Na ocasião fiquei profundamente impressionado com sua personalidade: sua simplicidade, inteligência e bondade. Na ocasião eu comentava isso com todo mundo!
    Meus irmãos de Comunidade argentinos conhecem bem a grandeza espiritual, o espírito profético e a coragem de seu pastor. Em vários momentos nos deram testemunho disso. Agradeçamos a Deus pelo Conclave: rápido, certeiro e muito abençoado! Seguramente o Espírito Santo fez uma bela escolha! Bem-vindo ao Brasil, Papa Francisco, para a JMJ! O Cristo Redentor e os brasileiros lhe esperam com os braços abertos!
    Nas vésperas do grande centenário da Aliança de Amor, quando toda a Família de Schoenstatt, mariana por essência, vive o Ano Missionário, a eleição do Papa Francisco é uma mensagem de Deus: o caminho está certo! Sigam em frente! Obrigada Papa Francisco! Juntos na missão mariana!